Clipes & Singles: Semana 17/2014

Dum Dum Girls – Rimbaud Eyes

Apesar de submersas nas águas turvas do post-punk, as garotas do Dum Dum Girls fazem de seu novo clipe, relativo à canção “Rimbaud Eyes”, uma grande animação envolvida por cenários cheios de cor. Brincando com paisagens psicodélicas e com o misto do bi com o tridimensional, a banda demonstra grande acerto no vídeo, que se mostra um bom chamativo para o ouvinte experimentar o último trabalho das meninas, o disco “To True”.

Pharrell Williams – Marilyn Monroe

“Marilyn Monroe” é uma das boas faixas de “G.I.R.L.”, o último disco de Pharrell Williams… Mas seu clipe, convenhamos, não é nenhuma grande gravação. Passeando por cenários repletos de mulheres, o músico e seu inseparável (e “discreto”) chapéu tentam alcançar o título do álbum através de uma pobre progressão de imagens, com coreografias de qualidade duvidosa e um resultado final que, no fim, deixa muito a duvidar: principalmente se levarmos em consideração o alto orçamento que o produtor tem em mãos.

Jack White – Lazaretto

O novo álbum de Jack White, a ser lançado em junho, será um grande trabalho… Será que alguém tem argumentos para discordar disso? Depois de apresentar a  incrível “High Ball Stepper” semanas atrás, agora o músico revela a faixa-título de seu novo disco: uma canção que parece resumir, em menos de quatro minutos, quem é Jack White. Uma energia proeminente, uma base rica que mistura indie, blues, rock e country e um grande dinamismo funcionam como um resumo de toda a carreira do artista… E não à toa, formam uma grande canção.

Damon Albarn – Heavy Seas of Love

Com o lançamento de “Everyday Robots”, o britânico Damon Albarn está escrevendo um curioso capítulo de sua carreira. Distante das bases sonoras tanto do Blur quanto do Gorillaz, o músico pretende bordar uma atmosfera unicamente sua. Provas dessa ideia podem ser verificadas no clipe de “Heavy Seas of Love”, que, igualmente ao vídeo anterior, referente à faixa “Lonely Press Play”, foi filmado pelo próprio artista, e incluindo paisagens de lugares por onde o músico passou nos últimos anos.

Lily Allen – Sheezus

A inglesa mais insana da música pop está realmente de volta com tudo. No clipe da faixa-título de seu novo trabalho, “Sheezus”, Allen polemiza ao citar de forma não tão positiva não somente Kanye West, mas outros nomes conhecidos da música pop. A intenção da cantora, segundo seu humor ácido, é se tornar a maior de todas as divas.

Far From Alaska – Politiks

O primeiro disco do Far From Alaska vem aí… E como não encará-lo como um dos lançamentos nacionais mais aguardados de 2014? Com uma sonoridade fortemente pautada nos aspectos mais pesados (e puros) do rock, o grupo potiguar está liberando para audição mais uma faixa do disco “modeHuman”. “Politiks”, uma canção que detém influências que vão do blues ao Daft Punk, parece ser um resultado de toda aquela verve democrática que deu o ar de sua graça nos protestos do ano passado, se comportando como um hino aos rumos errôneos tomados por nossos representantes.

Tune-Yards – Water Fountain

Totalmente insano: assim é o novo clipe de Merrill Garbus com o seu projeto Tune-Yards. Vai dizer que a mulher não é louca, fala sério? Cores, expressões malucas, e o cheiro das mais diversas substâncias permeando o andamento nonsense deixam claro que, embora não consigamos adivinhar o que a moça andou fumando, as drogas tiveram influência mais do que concisa para a construção do vídeo. Mas não deixe que a canção escape entre suas mãos: com um condensado rítmico impecável e um amontoado de referências, “Water Fountain” se comporta como um brilhante aperitivo para o disco “Nikki Nack”.

Gouveia Phill – Serena 

Quer viajar? Então curta o que o Felipe Augusto, do Glue Trip, está preparando para o primeiro EP de seu projeto Gouveia Phill: a faixa “Serena” se desenvolve em um instrumental incrível, que lida com várias texturas e uma grande atmosfera de camadas com admirável competência… A canção pode ser uma surpresa para muitos, mas é algo mais do que esperado para quem conhece a participação do cara no duo mais brilhante da música pop tupiniquim.

Neneh Cherry – Everything

Autora de um dos discos mais brutais dos últimos tempos, o ótimo “Blank Project”, Neneh Cherry faz agora, de seu novo clipe, uma extensão natural para a obra. Com a ajuda do famoso diretor Jean-Baptiste Mondino, a artista constrói um vídeo de conceito simples, mas totalmente assertivo: enquanto Cherry dança e aos poucos se aproxima da câmera, o espectador fica hipnotizado, completamente preso à performance da cantora.

London Grammar – Sights

Os grupo britânico London Grammar, que representa a terra da Rainha Elizabeth na revolução estética que está ocorrendo na música pop, não mede esforços para, através de vídeos, promover seu primeiro disco, “If You Wait”. “Sights”, uma das faixas do álbum, é a nova canção a receber contornos audiovisuais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s