Experimente: A nova música caipira dos Irmãos Carrilho

Por: Renan Pereira

Vamos voltar ao passado? Não, não, não precisa… Música boa é boa em qualquer época, não é verdade? Que o doutor Emmett Brown nos perdoe, mas queremos permanecer aqui mesmo, nesse desafiador ano de 2014. Até porque cabe a dois jovens paranaenses a tarefa de mostrar que o antigo pode ser, por que não, atual: eles não precisam embarcar em um Delorean que viaja no tempo para tocar música caipira e, ainda assim, apresentarem um resultado moderno. Os Irmãos Carrilho representam uma nova geração que se preocupa com a qualidade da música, e não com a sua idade. Até porque, enfatiza-se: o que é bom não tem prazo de validade.

Matheus Godoy e Alexandre Provensi são irmãos, mas apenas musicalmente, e não nos documentos. Nasceram de mães distintas, mas utilizam a velha e bem sucedida fórmula fraterna que sempre embalou muitas das duplas de sucesso da nossa música. Mas não, eles não são novos Chitãozinho e Xororó: são dois jovens que tocam música caipira, em Curitiba, e em pleno ano de 2014. Não fazem parte de um movimento óbvio, mas de uma ideia autêntica, sincera, e de grande sensibilidade.

Há pouco tempo, eles lançaram o seu primeiro single, contendo as canções “No Tempo que Passou” e “Vida, Vida, Vida”, e agora se preparam para lançar o seu primeiro disco… Aguardemos com ansiedade, enquanto conferimos a entrevista exclusiva que eles concederam ao RPblogging.

Como e quando vocês se conheceram, e quando surgiu a ideia de montar um dueto de música folk?

Matheus Godoy: Já tínhamos uma banda desde 2009, mas o Alexandre começou a compor algumas músicas com um estilo diferente e achamos que seria interessante trabalhar nelas só com as vozes e os violões. Foi aí que gravamos os vídeos de “Maldito Fim” e “Não Sabe Mais”, na metade de 2013, e a dupla começou.

Por que “Os Irmãos Carrilho”?

Alexandre Provensi: O nome “Os Irmãos Carrilho” veio de uma ideia minha, antes de convidar o Matheus para a dupla, para homenagear meu vô e minha vó. Primeiro, “Irmãos” é para meu vô que tinha uma dupla sertaneja com o irmão dele durante a infância e a adolescência, e “Carrilho” é o sobrenome da minha vó.

Quais foram os motivos que levaram vocês a investir na música da raiz? Vocês encontram entre os jovens de hoje em dia admiradores desse gênero tão ligado às velhas gerações?

Alexandre Provensi: Acho que foi resultado daquilo que gostamos de escutar. As músicas foram mudando enquanto ouvíamos mais folk, country, e assim por diante. Respondendo a outra pergunta, tem muita gente mais nova que escuta e até estuda esses gêneros mais antigos!

Quais são os artistas estrangeiros que mais inspiram os Irmãos Carrilho? E os nacionais?

Matheus Godoy: The Weavers, Everly Brothers, até Simon & Garfunkel… Do Brasil gostamos muito do Erasmo Carlos, Sá, Rodrix e Guarabyra, e até de Cascatinha e Inhana e Tonico e Tinoco.

É fato que sempre existiu muita restrição, muito preconceito, de certas camadas do público brasileiro quanto à música caipira. Apesar dessa situação ter mudado nos últimos anos, até certo ponto, hoje vocês fazem uma música que não se adapta aos rumos atuais do que se chama “caipira”. O que vocês pensam dessa galera que usa a música sertaneja para fazer uma música que não se agarra, de jeito nenhum, às raízes?

Alexandre Provensi: Apesar de gostarmos bastante de folk e country mais tradicional, não dá pra escapar do fato de que cada um escuta e faz a música que quiser!

Há pouco tempo vocês lançaram o primeiro single do projeto, mas vocês têm disponibilizado, ao longo dos últimos meses, várias outras composições para audição na internet; creio que até já exista uma quantidade de músicas para encher um álbum… Há alguma previsão para o lançamento do primeiro disco da dupla?

Matheus Godoy: Já temos o repertório do disco fechado, pretendemos começar a gravar o quanto antes para lançar ainda este ano.

Como vocês definem a sua música?

Alexandre Provensi: Não penso muito nisso, mas acho que procuramos fazer algo no meio desses estilos que citamos, sem deixar de criar algo novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s