Clipes & Singles: Semana 04/2014

Clipes & Singles

Cérebro Eletrônico – Egyptian Birinights

Reza a lenda que, para a construção das pirâmides, os egípcios tiveram o auxílio de alienígenas. Utilizando sua coleção de brinquedos Playmobil, Tatá Aeroplano revive a mitologia em um clipe pra lá de psicodélico, que se encontra com louvor com a sonoridade da banda Cérebro Eletrônico e seu último disco, o chapado “Vamos Pro Quarto”. Em um trabalho criativo, “Egyptian Birinights” ganha imagens em uma brincadeira minuciosa, mas especialmente maluca… Animais dentro de uma geladeira, piratas navegando sobre discos, um conquistador medieval homossexual refletem muitas substâncias a serviço de uma dimensão muito além do nosso cotidiano normal.

Poliça – I Need $

Dinheiro é algo que eu preciso, você precisa e Channy Leaneagh também. Para demonstrar a busca pelo cascalho sagrado, a vocalista do coletivo Poliça interpreta uma camareira no clipe da faixa “I Need $”, que faz parte do último registro do projeto, o bom “Shulamith”, lançado em novembro do ano passado. Muito trabalho e o cotidiano normal, porém, dão espaço para os sonhos no final do vídeo, na medida em que “I Need $” vai se encerrando e um pequeno interlúdio com “So Leave” se inicia: uma representação de liberdade, ainda que soturna.

Marcelo Perdido – Aritmética

Uma base empoeirada vem construindo, pelo menos até agora, a carreira solo de Marcelo Perdido. Seguindo o conceito que se iniciou com o clipe de “Lenhador”, música que dá título ao primeiro disco do compositor, imagens de tratamento Lo-Fi, como se tivessem sido retiradas de um velho VHS, preenchem os projetos audiovisuais do músico. Em “Aritmética”, um trabalhador engravatado vira índio enquanto Perdido canta uma faixa atraente, em que os tímidos arranjos instrumentais constroem, no fim das contas, um resultado grandioso.

Damon Albarn – Everyday Robots

Damon Albarn é um dos pilares da música alternativa mundial. Depois de fazer história junto ao Blur nos anos noventa e reinventar o conceito de banda com o Gorilazz, o músico prepara, para este ano, o seu primeiro disco oficial em carreira solo. Intitulado “Everyday Brothers”, o registro encontra na faixa-título o seu primeiro single, que dissemina um estilo pouco usual de R&B entre batidas envolventes e inventivos arranjos de cordas. No clipe, a face de Albarn é desenhada através de um software, acompanhando, de certa forma, os rumos melódicos da bela canção.

Marissa Nadler – Dead City Emily

O dream pop mesclado com o folk sempre foi uma das marcas do som de Marissa Nadler, mas tal interação nunca se mostrou tão clara quanto em “Dead City Emily”, mais uma faixa de “July”, disco a ser lançado nos próximos dias. Entre acordes acústicos e sintetizadores brandos, um cenário etéreo cresce naturalmente enquanto a artista é envolvida por uma atmosfera introspectiva no clipe da canção. Seja dançando livremente, ou caindo no amasso com um rapaz, Nadler tece imagens místicas em frente ao espelho… Um ótimo aperitivo para o trabalho que está por vir.

Bruce Springsteen – Just Like Fire Would

Entre os covers de “High Hopes”, a radiofônica “Just Like Fire Would”, que carrega todo aquele rock encorpado apresentado por Bruce Springsteen nos anos oitenta, é sem dúvida o mais acessível. Escolha óbvia para single, a canção ganha imagens através de uma produção simples, mas que mostra o ponto de maior destaque da presente fase do compositor: as performances no palco. Um ótimo sinal de que mais uma turnê vem por aí.

Maximo Park – Lydia, The Ink Will Never Dry

Prestes a lançar “Too Much Information”, um dos discos mais aguardados nesse início de 2014, o coletivo Maximo Park acaba de revelar mais uma canção que fará parte do registro. Em um vídeo no estilo “lyric” bem criativo, a letra de “Lydia, The Ink Will Never Dry” é tatuada nas costas de um rapaz, e mostra, claramente, uma sonoridade que a banda nunca havia feito. Portanto, novidade é o que não deve faltar no disco que está a caminho.

Disclosure feat. Mary J. Blige – F For You

Ainda colhendo os frutos do sucesso de “Settle”, um dos melhores álbuns do ano segundo este blog, o duo inglês Disclosure não se cansa de dar imagens às canções que preenchem o disco. Ganhando uma nova versão, desta vez com a voz da veterana Mary J. Blige, “F For You” cresce em força através do acrescentamento de cores, através do novo clipe e do ótimo vocal da norte-americana.

Temples – Mesmerize

Não é a toa que a banda Temples é considerada uma “resposta britânica” aos inventos realizados pelo Tame Impala em 2011. Brincando com velhas ideias do psicodelismo, mas em um sentido amplo de novidade, o coletivo inglês alcança um resultado grandioso ao levar em consideração as “novas leis” do rock psicodélico. Com um vídeo que dá ainda mais destaque às bases lisérgicas da música, o Tamples constrói um bom aperitivo para o seu primeiro álbum, “Sun Structures”.

Mac Demarco – Passing Out Pieces

Com “Salad Days”, Mac Demarco provavelmente se agarrará às mesmas estruturas que construíram “2”, seu último álbum em estúdio. Bem-humorado, o músico surge com seu mais novo single, “Passing Out Pieces”, que parece dar um destaque ainda maior ao seu universo particular. Para somar, um vídeo Lo-Fi aumenta o teor “alternativo” do trabalho do músico, que passará em turnê por São Paulo e Porto Alegre no mês de março.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s