1983: She’s So Unusual – Cyndi Lauper

Em 1983, o mundo parou para ouvir uma loira baixinha cantar. Contrariando sua imagem, Cyndi Lauper apareceu com uma voz forte, com uma musicalidade que não pode ser chamada de “meiga” ou “pequena”, surpreendendo o mundo da música com um álbum impactante, cujo sucesso poucas vezes foi repetido.

Não é muito grande o número de álbuns que causaram um impacto tão grande quanto o “She’s So Unusual”. Cyndi Lauper era apenas uma estreante em carreira solo (antes fazia parte da banda Blue Angel), fazendo música pop – com visual de roqueira, e se espera que, nesses casos, a cantora vá ganhando experiência conforme os anos vão passando, para aí então conseguir fazer um trabalho digno de elogios. Enquanto em outros estilos, como no rock ou no blues, um sucesso já no início da carreira não é algo tão incomum, na música pop isso é mais raro, pois aqui há uma interferência muito maior da gravadora e dos produtores. E com certeza, no álbum de estreia de Lauper, a produção se mostrou certeira como nunca, oferecendo canções à altura (do talento e da capacidade) de Cyndi.

Ao ouvir o “She’s So Unusual”, o ouvinte acaba se deparando com muitos dos que foram os singles de maior sucesso da década de oitenta; cinco músicas tiveram um grande êxito comercial, inundando as ondas de rádio de todo o mundo com a voz marcante de Cyndi Lauper. Para começar, “Money Changes Everything”, o primeiro dos grandes sucessos, que fala da interferência do dinheiro nos relacionamentos, é na verdade uma música gravada primeiramente pela banda The Brains, em 1980; porém, foi na voz de Lauper que a canção acabou se tornando clássica. Como segunda faixa, somente “Girls Just Want to Have Fun”, talvez a música mais marcante da carreira de Cyndi; amparada por um ótimo ritmo, com bons riffs de guitarra e esplendorosos sintetizadores, a canção teve um sucesso absurdo, inclusive gerando um dos vídeo-clips mais  vistos da história da música.

A terceira é uma boa versão eletrônica de “When You Were Mine”, música de Prince, onde Lauper acabou não alterando a letra da canção, causando a alusão de que o amor perdido para quem está cantando é outra mulher. A balada “Time After Time” é mais um dos grandes clássicos da carreira da cantora, tendo inclusive ganhado várias versões cover através dos anos; a música se apresenta mais melódica que as demais, mas continua a demonstrar um competente instrumental e o marcante vocal de Cyndi Lauper.

A dançante “She Bop” não foi apenas outro sucesso, mas também uma música controversa, uma vez que tratava de um tema polêmico: masturbação; segundo a cantora, as crianças pensariam que a música falava somente de dança, e só saberiam o real significado da canção depois de alguns anos, defendendo assim sua composição; a cantora afirmou, ainda, que gravou os vocais da canção enquanto estava nua. Eis aqui o ponto máximo da extravagância do pouco tímido “She’s So Unusual”.

“All Through the Night” é outra canção marcante, escrita por Jules Shear e gravada anteriormente pelo The Cars; nesta faixa, a voz de Lauper se mostra especialmente poderosa, perfazendo uma canção melancólica e agradável, de uma louvável delicadeza, o que mostra da melhor forma a incrível variedade da cantora. Já “Witness” é a música menos marcante do álbum, por ser um pop rock pouco produtivo, com influências reggae, sem o brilhantismo das demais faixas.

A oitava é “I’ll Kiss You”, uma canção que deve um pouco quanto ao ritmo, mas que contém uma letra divertida, onde Lauper detalha a busca de uma mulher para encontrar a poção do amor perfeito, para poder seduzir o namorado. Se percebe facilmente a tônica feminista do “She’s So Unusual”, que retrata de um modo peculiar, divertido e bem-humorado, os desejos e os dramas enfrentados pelas garotas da época. “He’s So Unusual” é uma versão curta de uma canção de Helen Kane, gravada nos longínquos anos vinte, que se tornou famosa por ter sido a inspiração para a criação da personagem Betty Boop. A música que fecha o álbum é “Yeah Yeah”, ainda com resquícios da faixa anterior, contando com um instrumental bem característico dos anos oitenta, cheio de sintetizadores e com bateria eletrônica.

É difícil qualificar o “She’s So Unusual” com poucos adjetivos, pois se trata de um álbum que pode ser recebido de várias maneiras diferentes. É a marca de uma época, mas com músicas que até hoje são muito bem recebidas pelo público pop. É político, mas sem deixar de ser divertido, por tratar de temas sérios em uma atmosfera bem humorada. É extravagante, mas também consegue ser sutil, mostrando a delicadeza contida numa baixinha invocada. E é marcante, acima de tudo.

Além de tudo, “She’s So Unusual” conseguiu aliar o sucesso comercial, a fama, com qualidade e inteligência musical. Com certeza, se trata de um marco para a música, uma abordagem diferente de um estilo, que se tornaria ainda mais relevante nos anos seguintes. O álbum de estreia de Lauper é, sem dúvida, um clássico do pop.

NOTA: 8,8

Track List:

01. Money Changes Everything (Tom Gray) [05:06]

02. Girls Just Want to Have Fun (Robert Hazard) [03:58]

03. When You Were Mine (Prince) [05:06]

04. Time After Time (Hyman/Lauper) [04:03]

05. She Bop (Lauper/Chertoff/Corbett/Lunt) [03:51]

06. All Through the Night (Jules Shear) [04:33]

07. Witness (Lauper/Turi) [03:40]

08. I’ll Kiss You (Lauper/Shear) [04:12]

09. He’s So Unusual (Al Sherman/Al Lewis/Abner Silver) [00:45]

10. Yeah Yeah (Huss/Rickfors) [03:18]

Download

Anúncios

Uma opinião sobre “1983: She’s So Unusual – Cyndi Lauper”

  1. esse primeiro álbum de cyndi vendeu 16 milhões no mundo, dele ainda foram consumidos 7,5 de um compacto com os sucessos ( girls just want to have fun, she bop, time after time e all trough the night) e o singlês mais vendido da cyndi até hoje e ( girl just want to have fun) 40000,milhões nos eua ele vendeu 4,5 e no brasil 300,mil cópias mas a imperatriz do pop continua até hoje brilhou nos 90 e na década atual!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s