1969: Creation – Fever Tree

Quando você começa a garimpar por bandas sessentistas, acaba por encontrar sons maravilhosos, até mesmo de bandas que não obtiveram um grande sucesso comercial. Um desses casos é a banda Fever Tree, que esteve em atividade de 1966 até 1970, detentora de um som de alta qualidade; um rock clássico forte, criativo e audacioso. A voz do vocalista Dennis Keller se mostra praticamente perfeita, e a guitarra de Michael Stephen Knust sempre se encaixa perfeitamente à melodia das canções.

Em seu terceiro álbum, “Creation”, a banda explora tudo o que rodeava o rock na década de 60, com pitadas de blues, rockabilly, acid rock, baroque-pop, e, ainda mais incisivamente, de rock psicodélico. Tudo isso se aliando a um rock clássico da era pós-psicodélica que não deixa nada a desejar. A primeira faixa, “Woman Woman” já nos dá mostra da grande qualidade da banda, com um instrumental muito bem feito, encaixando-se sempre de forma impecável, e com destacável performance vocal, que escancara a incrível voz de Keller; é um rock bem elaborado, transbordando de elementos de acid rock. A segunda é a bela “Love Make the Sunrise”, que se trata de uma música mais calma, com um ótimo trabalho de sintetizador, mostrando a voz de Keller num tom mais suave, mas nem por isso menos impregnante. “Catcher in the Rye” se inicia apenas com uma forte linha de baixo e a poderosa voz de Keller, mas acaba por se tornar uma música contagiante, de arranjos muito bem elaborados, contendo um instrumental impecável e algumas variações matadoras.

A quarta é a semi-acústica “Wild Woman Ways”, contendo um nível melódico muito bom; pra variar, mais uma vez, tanto o vocal quanto o instrumental são muito bem feitos, deixando claro o altíssimo nível do Fever Tree. A quinta é “Fever Glue”, um daqueles blues-rock puro feeling, em que a interação voz/guitarra é executada lindamente, dando um verdadeiro espetáculo. “Run Past Window” é muito bela, com um vocal tocante e arranjos instrumentais elaboradíssimos, que oferecem realmente o que a música pede.

A psicodélica e bem-humorada “Imitation Situation”, apesar de diferente das demais, se encaixa muito bem ao álbum, mostrando uma estrutura complexa, em que o baixo de E.E. “Bud” Wolfe é algo muito agradável de se ouvir; as variações inesperadas e os sons malucos parecem querer levar o ouvinte para o cerne do psicodelismo, tudo aliado a um instrumental de alto nível; apesar de todas as qualidades, é uma canção perigosa, que pode afugentar os ouvintes mais conservadores. A seguinte, “Time is Now”, esbanja criatividade em seus arranjos, que acabam por criar uma atmosfera toda obscura, muito bem-vinda; nessa canção, especialmente, os riffs de guitarra são arrebatadores.

“The God Game” fecha o álbum, lidando com uma estrutura bastante complexa, onde tanto o vocal quanto o instrumental se mostram de um surpreendente nível de dificuldade; nada extremamente técnico ou virtuoso, mas muito criativo, com inúmeras variações, todas impecáveis, e com arranjos grandiosos e audaciosos.

“Creation” é um álbum arrebatador, que esbanja qualidade e criatividade do início ao fim. Com belíssimos e audaciosos arranjos, um vocal fortíssimo e músicos muito competentes, o Fever Tree cativa os ouvintes de seu terceiro álbum do início ao fim, fazendo-o soar excelente.

Quando uma banda de alto nível deseja fazer algo artisticamente brilhante, se empenhando em mostrar algo consistente, criativo, competente, belo e audacioso, sem se preocupar se o álbum vai vender ou se as músicas vão tocar em rádio, costuma fazer algo grande. E assim fez o Fever Tree, que com quase nenhum deslize, acabou caprichando muito em seu ótimo álbum “Creation”.

NOTA: 9,5

Track List:

01. Woman Woman [02:24]

02. Love Make the Sunrise [02:33]

03. Catcher in the Rye [03:20]

04. Wild Woman Ways [04:06]

05. Fever Glue [03:33]

06. Run Past My Window [03:27]

07. Imitation Situation [04:48]

08. Time is Now [04:06]

09. The God Game [04:30]

Download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s