1960: His Hand in Mine – Elvis Presley

“His Hand in Mine’ é o primeiro álbum exclusivamente religioso de Elvis Presley. Por ser um álbum com conteúdo gospel, pode à primeira vista afastar os ouvintes, que podem vir a torcer os lábios antes do play. Mas é um álbum válido, que conta com todo o talento do Rei do Rock. O principal motivo para Elvis ter feito o álbum, a contragosto de produtores e empresários, foi fazer uma homenagem a sua mãe, que havia morrido antes de sua ida ao exército. Ele sempre considerou o “His Hand in Mine” um trabalho muito especial, pois teve uma participação mais ativa dele na produção.

O tema das músicas em todo o álbum é religioso, então nem se necessita mais citar o caso; vamos ao som. O álbum abre com a faixa-título, uma canção com um bom fundo de piano, onde a voz de Elvis se mostra forte como nunca. “I’m Gonna Walk Dem Golden Stairs” é um pouco mais agitada, tem uma estrutura legal, se mostrando um dos êxitos do álbum. Segue então a terceira, “In My Father’s House”, mais uma grande interpretação de Elvis, que destaca em meio a um ritmo lento e a backing vocals extravagantes.

“Milky White Way” é uma canção agradável, que traz uma sonoridade que lembra muito os trabalhos cinquentistas do Rei. Já, “Known Only To Him”, é bastante lenta, soando quase como uma canção de ninar. A sexta, “I Believe In The Man In The Sky”, traz uma sonoridade mais puxada ao jazz, sendo uma interessante marca nesse álbum, até mesmo por se diferenciar das demais.

“Joshua Fit The Battle” tem um ritmo legal, mas uma sequência de versos que não se encaixa muito bem, tornando a música bastante chata. A oitava é “He Knows Just What I Need”, sendo uma música acústica e, por sinal, muito bonita, digna de destaque positivo no álbum. “Swing Down, Sweet Chariot” é, sem dúvida, a melhor faixa do álbum, brilhante como toda música de Elvis se espera ser; contém um instrumental simples, porém extremamente bem feito, e uma estrutura vocal que dá show de complexidade e qualidade nas demais do álbum.

Em “Mansion Over The Hilltop”, temos novamente uma música muito simples, com ritmo bastante calmo e instrumental medíocre, pouco acrescentando ao álbum. A penúltima é “If We Never Meet Again”, onde Elvis dá mais um show de interpretação, sendo porém o único ponto positivo da faixa. O curioso “His Hand in Mine” fecha com o que é uma das melhores faixas do álbum, chamada “Working On The Building”, com um instrumental mais empolgante, tendo até algumas variações interessantes. Na versão para download, no link abaixo, a já tradicional Extended Edition, com algumas faixas bônus.

Como já foi dito, o gospel “His Hand in Mine” é um trabalho válido, até por ter um lado mais pessoal do que comercial. Mas, quando se fala em Elvis Presley, se fala no Rei do Rock, e não no Rei do Gospel. É claro que Elvis era um cantor extremamente versátil, e suas interpretações nesse álbum trazem toda a genialidade presente em sua extrema qualidade musical. Mas, infelizmente, o “His Hand in Mine” não deixa de soar estranho, ficando meio de lado dos demais discos lançados por Elvis.

Um álbum razoável de Elvis já é de audição obrigatória. Apesar de as músicas não serem tão incríveis, a genialidade interpretativa presente na voz do Rei já “vale o ingresso”.

NOTA: 7,2

Track List:

01. His Hand in Mine (M. Lister) [03:15]

02. I’m Gonna Walk Dem Golden Stairs (C. Holt) [01:50]

03. In My Father’s House (A. Hanks) [02:03]

04. Milky White Way (tradicional) [02:12]

05. Known Only To Him (S. Hamblen) [02:07]

06. I Believe In The Man In The Sky (R. Howard) [02:11]

07. Joshua Fit The Battle (tradicional) [02:39]

08. He Knows Just What I Need (M. Lister) [02:12]

09. Swing Down, Sweet Chariot (tradicional) [02:32]

10. Mansion Over The Hilltop (I. Stanphill) [02:55]

11. If We Never Meet Again (A. Brumley) [01:58]

12. Working On The Building (H. Bowles) [01:52]

Download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s