1956: Elvis – Elvis Presley

O blog continua a falar da discografia de Elvis Presley, agora com o segundo álbum do Rei do Rock, intitulado “Elvis”. Se trata de um álbum fantástico, genial. As performances de Elvis se encontram fenomenais, trazendo toda a capacidade interpretativa do Rei.

O álbum começa com “Rip It Up”, um rockabilly que tem tudo o que um bom rockabilly tem que ter; animado, contagiante, e dançante (e com um instrumental poderoso, diga-se de passagem). “Love Me”, a segunda faixa, foi um dos grandes sucessos de Elvis na época, e mostra toda a capacidade emotiva e romântica na interpretação do Rei. “When My Blue Moon Turns to Gold Again” é uma canção com forte presença de backing vocals (feito pelos The Jordanaires), perfeitamente interpretada por Elvis, que a canta de um modo mais desleixado, despreocupado, fazendo com que a música soe mais divertida; sem dúvida, mais uma aula de interpretação vocal. Uma voz mais agressiva, com falsete, é utilizada por Elvis no clássico “Long Tall Sally” (que foi um sucesso maior na voz de Little Richard), mostrando toda a alma roqueira do Rei, com brilhantismo.

Mais romântica que a faixa 5, “First in Line”, impossível; nela, Elvis volta a utilizar uma voz menos grave (um pouco juvenil), que se encaixou perfeitamente na música. “Paralyzed” é um rock característico da época, com uma letra legal e uma interpretação grandiosa de Elvis.

O lado B do álbum começa com uma música com uma introdução toda pomposa, chamada “So Glad You’re Mine”, com piano marcante e várias variações, incluindo alguns riffs um pouco mais pesados, talvez sendo a música mais tecnicamente brilhante do álbum. “Old Shep” é mais tranquila, e dá mais destaque à majestosa e genial voz de Elvis, que canta como se estivesse interpretando algum daqueles clássicos filmes românticos da década de 50 (a própria qualidade interpretativa de Elvis já foi realmente utilizada nas telonas, e o Rei do Rock sempre foi tido como um ótimo ator).

É impossível ficar parado com “Ready Teddy”, um rockabilly veloz, com bateria técnica e riffs matadores; a voz de Elvis nessa música é a perfeita união entre agressividade e suavidade.  “Anyplace is Paradise” é mais uma música romântica, mas não se trata de “mais do mesmo”, pois o instrumental é um grande destaque positivo, muito bem feito.

Já, “How’s The World Treating You”, é romântica, emotiva, e melosa; mas Elvis sabia como deixá-la a fim de não soar enjoativa e repetitiva. “How Do You Think I Feel” é bastante conhecida, principalmente aqui no Brasil, onde ela tocou bem na época; é uma música que dá destaque total à voz de Elvis (com instrumental bastante simples, feito na medida para fazer a voz do Rei brilhar mais do que tudo).

Por fim, percebe-se em “Elvis” claramente uma grande evolução em relação ao álbum anterior. Há melhorias na produção, no instrumental, e o Rei aprimora sua qualidade interpretativa vocal, chegando a um nível que nada pode ser mais genial.

Tratando comercialmente, este repetiu o álbum de estréia no sucesso, chegando ao topo das paradas americanas e à terceira colocação da parada britânica.

Quando se fala na discografia de Elvis, este álbum é de audição obrigatória, até por ser um dos melhores álbuns da carreira do Rei do Rock.

NOTA: 9,6

Track List:

01. Rip It Up (Robert Blackwell/John Marascalco) [01:50]

02. Love Me (Jerry Leiber/Mike Stoller) [02:41]

03. When My Blue Moon Turns to Gold Again (G. Sullivan/W. Walker) [02:18]

04. Long Tall Sally (R. Blackwell/E. Johnson/R. Penniman) [01:51]

05. First in Line (Aaron Schroeder/Ben Weisman) [03:21]

06. Paralyzed (Otis Blackwell/Elvis Presley) [02:18]

07. So Glad You’re Mine (Arthur Crudup) [02:18]

08. Old Shep (Red Foley) [04:10]

09. Ready Teddy (Robert Blackwell/John Marascalco) [01:55]

10. Anyplace is Paradise (Joe Thomas) [02:26]

11. How’s the World Treating You? (C. Atkins/B. Bryant) [02:23]

12. How Do You Think I Feel (Webb Pierce/Wiley Walker) [02:10]

Download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s